5 passos para cultivar o amor 

Compreender que as diferenças existem sim e que isso não é nada ruim

Imagina como o mundo seria incrivelmente chato se fôssemos todos iguais? Entender que somos diferentes, mas, ao mesmo tempo, iguais como seres humanos e  que merecemos as mesmas chances é o primeiro passo para que o amor seja cultivado, na minha opinião.

cabeloquevcquiser

(Imagem)

…e, a partir disso, aprender a respeitar os outros e suas decisões

Às vezes (o que deveria acontecer sempre), as pessoas não se preocupam com que as outras pensam. Sei que pode doer um pouco no ego de alguns, mas, existem várias situações em que a nossa opinião não importa nem um pouco. Como já diziam os mais velhos:

“Se você não tem algo bom para dizer, então não diga”

Gostou de algo e tem um elogio? Ótimo, cultive o amor, tenho certeza de que a pessoa ficará muito feliz. Não gostou? Odiou? Não faria a mesma coisa? Não tem problema também, ninguém disse que você precisa gostar também. Apenas siga com a sua vida, não espalhe ódio por aí criticando cada decisão ou escolha de alguém. A vida é dela/dele, não é? Nada mais justo do que ela/ele escolher o que quer ou não quer, o que deve ou não fazer.

Sabe de uma coisa, não precisa nem “ser educado” e dizer algo que não é verdade para você apenas por esse motivo 🙂 Apenas não aplique na sua vida e seja feliz.

ciclo de ódio

(Imagem)

Sem julgamentos, por favor? Obrigada, de nada.

É necessário priorizar a quebra do famoso “ciclo de ódio”. Não se engane, não cultive o ódio no lugar do amor. Ao fazermos julgamentos, estamos apenas espalhando um sentimento ruim que não ficará apenas conosco, mas que se espalhará com capacidade igual ou superior ao do amor.  Acho que é válido ressaltar aqui também: Para que criar rótulos, para que criar padrões? E por que continuamos fazendo isso mesmo sabendo que a sociedade (e as pessoas dentro dela) é uma coisa viva, muito maior do que tudo isso?

 Aprender a enxergar as coisas boas ao invés das ruins

Não estou dizendo que você precisa concordar com tudo e ser a senhora/senhor “fazedor de elogios”, mas é fato que um elogio ou outro, aqui ou ali, podem e fazem diferença na vida dos outros, às vezes, até mais do que nós imaginamos. Então, como já disse, ao invés de criticar alguém por algo de que você não gostou (e que, na verdade, não precisa da sua aprovação), por que não tentar ver algo bom nela? Tanto na aparência quanto na personalidade, não importa, aprenda realmente a cultivar o amor ❤ E, mais uma vez, digo que isso não significa que você precisa achar tudo lindo e maravilhoso, mas sim, que apenas devemos aprender a filtrar um pouco mais o que dizemos 😉

jenny-5

(Imagem)

Cada um é cada um

Mais uma vez, reforço que as coisas variam muito de pessoa para pessoa, de situação para situação, então aprender a ser mais aberto para com os outros e até para com você mesmo (isso serve se você costuma comparar-se muito com as outras pessoas) é muito importante para qualquer tipo de amor. Ou seja: cada um é único e perfeito do seu próprio jeito e devemos aprender a respeitar isso ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: