Afinal, sabemos quem somos?

Que sei eu do que serei, eu que não sei o que sou?
Ser o que penso? Mas penso tanta coisa!

– Álvaro de Campos (Fernando Pessoa) – Tabacaria

(Imagem: Fonte)

Curioso como a gente pensa que conhecemos bem as pessoas quando, na verdade, na maioria dos casos estamos apenas navegando na superfície de cada uma (e nos contentamos com isso!).

Esses dias descobri que um conhecido meu estava gostando de uma amiga minha, e que tinha achado ela bonita. Me sinto meio mal por falar aqui, mas claro que não irei mencionar nomes nem nada. Afinal, o que me interessa realmente é a reflexão que isso acabou me trazendo.

Me surpreendi quando fiquei sabendo de tal fato. O que é mais estranho ainda: Me surpreendi por estar surpreendida. Como assim? Eu explico. Não sou muito chegada dessa minha amiga, confesso, não sei muito bem o que ela gosta de fazer quando ninguém mais está olhando. Às vezes posso não ter nem mesmo a menor ideia de que jeito ela se comporta quando não estou perto dela. Sei qual é a sua cantora favorita, mas não acho que isso conte, afinal, em um de seus aniversários ela foi no show da tal pessoa (e postou foto em uma de suas redes sociais) e ainda tem uma camiseta dela. Ou seja, não é uma informação lá muito válida.

O que estou querendo dizer é que tem vezes que nós não conhecemos as pessoas o máximo que podemos. E eu já tinha percebido isso antes. Eu já sabia disso. Mas, sei lá, esse acontecimento meio que foi um choque (do tipo tapa na cara) para mim (e talvez por isso eu tenha ficado surpresa por ter me surpreendido depois). O que eu acho disso? Não sei, ainda não tenho certeza. Acho que estou no processo de pensar que às vezes isso acontece por dois possíveis motivos: 1) Nossas relações estão se tornando líquidas, como diria Bauman, e, por isso, as pessoas não demonstram um real interesse por todas as pessoas 2) Isso simplesmente é uma coisa normal da vida, às vezes acabamos nos identificando mais com certas pessoas e, com isso, nos tornamos mais próximas delas do que de outras. O que serve para mim? Sinceramente, ainda quero descobrir também.

Mas enfim, voltando ao assunto, penso que, qualquer que seja o motivo, ainda acredito que, mesmo não conhecendo a fundo todas as pessoas à nossa volta (às vezes, até mesmo por falta de oportunidade) o importante é que nunca devemos nos esquecer de que as pessoas têm suas próprias vidas além do que a gente presencia. Além do que está ao nosso contato. E, até com as pessoas que você é extremamente próxima, penso que apenas elas mesmas têm a oportunidade de se conhecerem do jeito que realmente são. Gosto de pensar que nós só realmente somos quem somos quando ninguém mais está ao nosso lado. Pode parecer um pouco solitário de certo lado, mas ainda acredito que essa possa ser a verdade.

Por isso, não acho que deveríamos duvidar se tal situação como a que eu descrevi acontecer. É estranho? Confesso que sim. (Não que eu não ache a minha tal amiga bonita, simpática ou capaz de criar um sentimento em alguém. Acho que foi mais pelo fato de eu nunca ter realmente pensado a fundo nisso, e isso vale para todas as pessoas… Por isso pareceu estranho à primeira vista). Porém, todos sabemos que esse mundo está cheio de pessoas diferentes umas das outras, cada uma com o seu jeito de ser, com o seu ponto de vista, modo de ver o mundo, modo de ver a beleza. Isso não é incrível? Mesmo que tenham pessoas que não acreditem no seu potencial, você sempre acaba achando aquelas que o fazem no lugar.

Como disse uma conhecida minha em seu status do whatsapp: “Somos todos um pequeno universo”. Achei poético, e concordo plenamente. Acredito que descreve bem como esquecemos de ver as oportunidades em cada um. E você, o que acha? Pense nisso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: