Permita-se

Permita-se ser aquela pessoa que você sempre quis ser. Permita-se ser mais simpática com as pessoas que encontra na rua. Não fique com vergonha de dizer um “Bom dia”, “Boa tarde” ou “Boa noite”. O pior que pode acontecer é elas não responderem. Mas isso não quer dizer que tal ato seja ruim.

Permita-se deixar o seu cabelo crescer do jeito que você sempre quis. Permita-se cortá-lo bem curtinho do jeito que você sempre achou bonito.
Permita-se usar aquela roupa que acha maravilhosa, fofa ou linda. E daí que aumenta o seu quadril? E daí que faz você parecer mais baixa? Quem liga para o que as outras pessoas vão achar? Não é o suficiente você se sentir confortável e bem consigo mesma?
Permita-se ser gentil com as pessoas, mesmo isso sendo raro na nossa sociedade atual. Permita-se fazer os outros felizes. Permita-se fazer VOCÊ feliz.
Permita-se ser grata pela sua vida. Por tudo o que ela lhe ensina, pelas coisas boas e ruins que proporciona. Pelas pessoas que você tem ao seu lado aptas a ajudá-la sempre que enfrenta um momento ruim. Permita-se saber valorizar tudo o que lhe é dado.
Permita-se não viver na conformidade. A contestar tudo aquilo que não anda muito bem. A protestar, a criticar, a lutar para que as coisas sejam resolvidas de outra maneira.
Permita-se mudar o mundo ao seu redor. Permita-se fazer a diferença na vida de uma, duas, milhares de pessoas. Permita-se brilhar, ser radiante. Permita-se ser um bom exemplo, uma inspiração, uma lembrança, uma recordação.
Permita-se ser feliz. Permita-se sofrer. Chorar, gritar, desabar. Permita-se enfrentar os extremos que a vida nos coloca a prova.
Permita-se ser paciente e esperar o momento certo. Permita-se agitar as coisas, apressá-las, com medo de que não haja mais oportunidades para fazê-las.
Permita-se amar, ser amado, se apaixonar. Permita-se ser traído. Permita-se trair. Permita-se viver o amor, com todas as facadas e borboletas pelas quais ele nos faz passar.
Permita-se errar. Permita-se estar errado. Permita-se aprender. Permita-se acertar. Permita-se ensinar.
Permita-se viver a vida. Porque, amigo, posso garantir que ela é curta, e você não vai querer passá-la de uma maneira que não deseja, não é mesmo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: